Assembleia Legislativa oferece treinamento para cinco Câmaras Municipais operarem portal Modelo

por Martha Rosa publicado 10/07/2019 11h44, última modificação 10/07/2019 11h44
Presidente Laerte Gomes determinou a realização da capacitação, visando melhorar a qualidade dos serviços prestados

Atendendo à determinação do presidente da Assembleia Legislativa, Laerte Gomes (PSDB), a Superintendência de Tecnologia da Informação (STI/ALE-RO), iniciou nesta terça-feira (9) uma capacitação para servidores de cinco Câmaras Municipais, voltada ao portal Modelo, ferramenta disponibilizada através do programa Interlegis, do Senado Federal, com a parceria do Legislativo Estadual. 

Durante dois dias, todos os detalhes do Portal Modelo para as Câmaras Municipais serão abordados de forma clara e direta aos servidores dos legislativos municipais, para que eles possam operar a ferramenta da melhor forma possível. 

"Houve uma solicitação, por parte dos gestores das Câmaras, ao presidente Laerte Gomes para que fosse realizada um treinamento e o presidente da Casa determinou que fizéssemos essa capacitação, que visa esclarecer as dúvidas, de forma didática, para que os servidores das Câmaras possam atuar com segurança e eficiência", explicou a analista de sistemas da STI/ALE Arliane Baach, que ministra o treinamento. 

Estão sendo contemplados os municípios de Costa Marques, Buritis, Novo Horizonte, Nova Mamoré e Chupinguaia. "Mesmo após esse treinamento, estaremos à disposição para qualquer suporte, para qualquer dúvida, como temos feito, pois é esse o nosso papel: sermos o elo entre o Interlegis e as Câmaras Municipais", completou Arliane. 

 

Portal Modelo 

O Portal Modelo é uma ferramenta que não requer grandes conhecimentos técnicos e pode ser adaptado à realidade e às necessidades de cada Poder Legislativo. Ele também pode ser hospedado, sem custos, no Interlegis. 

Laerte Gomes destacou que o Portal Modelo "é uma ferramenta gratuita, inovadora, de qualidade e que oferece a transparência necessária ao processo legislativo e às ações das Câmaras", observou. 

Todas as 52 Câmaras Municipais de Rondônia podem contar com portais na Internet, de forma gratuita, graças ao trabalho da Assembleia Legislativa, através da Superintendência de Tecnologia da Informação, que promove treinamento e o suporte do Programa Interlegis, no convênio com o Senado Federal. 

O Ministério Público e o Tribunal de Contas do Estado, inclusive, recomendam que as Câmaras de Vereadores utilizem o pacote de programas do Interlegis, que atendem às exigências das Leis de Acesso à Informação e de Transparência.

Texto: Eranildo Costa Luna-Decom-ALE/RO 

Fotos: Marcos Figueira-Decom-ALE-RO

error while rendering plone.comments